Arquivo | Shizuoka RSS for this section

Festival de Azaleias no Parque Komuroyama em Shizuoka

O Festival de Azaleias do Parque Komuroyama é um dos maiores do tipo no Japão e acontece na província de Shizuoka do fim de abril ao início de maio anualmente

Parque Komuroyama1
A azaleia (tsutsuji em japonês) é uma flor popular de primavera no Japão e há vários locais para apreciar seu colorido e encanto durante a temporada.

O Festival de Azaleias do Parque Komuroyama é um dos maiores do tipo no Japão e acontece na Península de Izu (Shizuoka) do fim de abril ao início de maio anualmente.

O parque fica a 321 metros acima do nível do mar em torno do Monte Omuro, oferecendo uma vista panorâmica incrível da península e da Baía de Sagami.

O festival destaca mais de 100 mil de 40 tipos de azaleia que florescem vividamente no amplo parque de 35 mil metros quadrados.

Parque Komuroyama2

Um dos destaques do festival é o Túnel de Azaleias, que fica no centro do parque. O incrível túnel vermelho é formado por árvores de azaleia que tem o tamanho de uma pessoa.

Juntamente com o belo cenário do jardim de azaleias, vários eventos são realizados como apresentações, feirinhas e delícias locais.

As azaleias terão iluminação especial durante a noite com uma exibição mística e romântica das flores.

A Península de Izu oferece uma variedade de hotéis e resorts, assim como inúmeras atrações turísticas como praias, estâncias de águas termais, museus, parques e comidas deliciosas.

Parque Komuroyama3

Komuroyama Park Azalea Festival 2019 (小室山公園つつじ祭り)
Data do festival: 29 de abril a 05 de maio
Das 9h às 16h
Iluminação: 20 de abril a 06 de maio das 19h às 21h
Entrada gratuita
Acesso de transporte público: 25 minutos de ônibus (com destino ao Kumoroyama Lift) a partir da estação de Ito da JR ou 20 minutos a pé da estação de Izukyu Kawana
Há estacionamento pago: 500 ienes
Site para informações: city.ito.shizuoka (em japonês)
Localização do parque no mapa, clique aqui.
Fonte: Portal Mie

Anúncios

Sakura com iluminação: entrada gratuita, em Shizuoka

Espécies de cerejeiras que florescem antes no Japão já estão exibindo flores com 2 cores diferentes

festivaldascerejeirasdetoikinzan1
Em um dos pontos turísticos da província de Shizuoka já há cerejeiras floridas para serem apreciadas tanto de dia quanto de noite.

Chamadas de Toikizakura, costumam florescer em meados de janeiro. Este ano o pico é agora, se estendendo até 3 de fevereiro.

Elas se abrem antes mesmo da espécie Kawazu, têm hastes mais alongadas e as pétalas com contornos de rosa mais forte.

Dependendo da árvore algumas flores variam de cor, do tom branco avermelhado para o pink.

Lindas de dia ganham um encanto de noite, com a iluminação especial. Somente as flores ganham destaque na escuridão, com uma beleza diferente nos 40 pés do local.

Na área tem cafés e restaurantes caso queira fazer uma pausa. Se quiser caminhar pela região são 400 pés de cerejeira dessa espécie.

festivaldascerejeirasdetoikinzan2

Festival das cerejeiras de Toikinzan 土肥金山
Período: até 3 de fevereiro
Iluminação noturna: 18h às 20h
Entrada: gratuita
Locais: Toikinzan, antiga mina de ouro, em Izu (clique aqui para abrir o mapa) e Parque Matsubara (clique aqui para abrir o mapa)
Fonte: Portal Mie com Shizuoka Shimbun

Cerejeiras que florescem mais cedo enfeitam pequena cidade em Shizuoka

Festival de Sakura de Kawazu começou nesta quarta e vai até 10 de março

kawazu sakuraA primavera ainda não começou, mas já é possível apreciar uma espécie de cerejeira que floresce mais cedo, a Kawazuzakura.

Essa espécie é comum em Kawazu, uma pequena cidade que fica na península de Izu (Shizuoka), e por isso recebeu esse nome. O pico de floração deve ocorrer depois do dia 20 até o início de março.

Em toda a cidade, existem aproximadamente 8 mil pés e cerca de 800 enfeitam as margens do rio Kawazu, formando um corredor de flores.

A Kawazuzakura é diferente da Someiyoshino, a espécie mais comum no Japão e que serve de referência para os meteorologistas preverem quando se dará o pico de floração.

As únicas semelhanças são o formato e a quantidade de pétalas -cinco- em cada flor. A cerejeira de Kawazu tem uma coloração mais rosada e dura mais tempo, sem contar que os botões são maiores e aparecem mais cedo.

Origem
Em 1955, um morador de Kawazu chamado Katsumi Iida encontrou por acaso uma muda de sakura e decidiu plantá-la em seu quintal. Onze anos depois, com a planta já crescida, apareceram as primeiras cerejeiras de tom rosado e desde então a árvore floresce periodicamente no final de janeiro, com duração de aproximadamente um mês.

Em 1968, Mitsuya Katsumata, um morador de Ito (Shizuoka), decidiu reproduzir a espécie e plantou mudas em uma grande área de Kawazu.

A denominação Kawazuzakura se deu em 1974 porque, após várias pesquisas, especialistas descobriram que a espécie só existia na cidade e foi gerada de um cruzamento natural entre outros dois tipos de cerejeiras, o Ooshimazakura, que costuma florescer mais cedo, e o Hikanzakura.

A árvore que deu origem à espécie ainda existe no quintal da residência de Iida, que fica a 1.200 metros da estação Kawazu, linha Izukyu.

Festival
Durante o período de floração, a cidade realiza anualmente o Festival de Sakura de Kawazu, que começou nesta quarta-feira e prossegue até 10 de março.

No evento, os visitantes podem apreciar as cerejeiras em vários pontos da cidade. Os trechos mais floridos estão à beira do rio Kawazu, desde a ponte Housen até a foz no mar, e nas proximidades da linha de trem Izukyu, onde fica a estação.

O Festival oferece infra-estrutura como inúmeras barracas de comidas e bebidas, lembranças, banheiros públicos e amplo estacionamento para carros de passeio e ônibus de excursões.

À noite, as cerejeiras recebem uma iluminação especial, oferecendo um visual bem diferente do que pode ser apreciado durante o dia. Os visitantes ainda podem experimentar gratuitamente um tipo de chá naturalmente doce, o Amagi-amacha, espécie típica na região.

Festival de Sakura de Kawazu
Quando: até 10 de março, das 9h às 21h
Onde: às margens do rio Kawazu e nas proximidades da estação
Como chegar
De trem: estação Kawazu da linha Izukyu, que sai da estação JR de Atami
De carro: da rodovia expressa Tomei, saída Numazu, acesso pela estrada Amagi Line (rotas 136 e 414)
Estacionamento: 500 ienes por carro (8h30 às 17h) e 200 ienes (19h às 21h)
Tel: 0558-32-0290 (Associação de Turismo de Kawazu)
Fonte: Alternativa

Estação de esqui começa a funcionar perto do Monte Fuji em Shizuoka

Pelo 17º ano consecutivo, a Snow Town Yeti é a estação que começa a funcionar mais cedo no Japão

Snow Town YetiA estação de esqui Snow Town Yeti, perto do Monte Fuji em Susono (Shizuoka), começou a funcionar nesta sexta-feira, abrindo a temporada de diversão na neve antes mesmo do inverno começar.

Pelo 17º ano consecutivo, a Snow Town Yeti é a estação de esqui que começa a funcionar mais cedo no Japão, atraindo pessoas que aguardam ansiosamente pela chegada da temporada para esquiar ou praticar snowboard.

Além de ter pistas para praticantes experientes em esqui e snowboard, o local conta com espaço para pessoas principiantes e para crianças brincarem na neve com a família.

Snow Town Yeti, em Susono (Shizuoka)
Período: até 3 de abril, das 9h às 22h (dias da semana) e 8h às 22h (sábados, domingos e feriados). Nas vésperas dos feriados, funciona 24 horas
Como chegar: A partir da saída Susono na rodovia expressa Tomei, percorrer a estrada Minami Fuji Evergreen Line por 16km
Preço: 3 mil ienes (sábados e domingos) e 2,5 mil (semana) para adultos, entre 16 de outubro e 1 de novembro
4 mil ienes (sábados e domingos) e 3,5 mil (semana) para adultos, entre 2 de novembro e 21 de março
2,5 mil ienes (sábados e domingos) e 2 mil (semana) para adultos, entre 22 de março e 3 de abril
Desconto de 500 a 1.000 ienes para crianças e idosos
Site: www.yeti-resort.com
Fonte: Alternativa
www.shigoto.com.br
visto japonês, emprego no Japão, turismo no Japão e passagem japao