Arquivo | sakura RSS for this section

Sakura esverdeado? Sim, oportunidade para apreciar em Aichi

A espécie de flores de cerejeira de cor esverdeada é chamada de ‘ukonzakura’. Elas estão floridas e podem ser apreciadas gratuitamente em Okazaki

ukonzakura1
Ukon significa cúrcuma, a raiz que tem um amarelo forte. Apesar de receber esse nome, a cor inicial dessa espécie de flor de cerejeira é de um verde claro, um tom amarelo esverdeado. Outra particularidade é o grande número de pétalas, de 15 a 20, e espessas.

Depois de desabrocharem com esse tom esverdeado, junto com as folhas, elas vão mudando de cor para um tom rosa suave.

Uma árvore preciosa, de mais de 300 anos, está carregada dessas flores que mudam de cor. Pode ser contemplada no Ueji Hachimangu, um santuário xintoísta, em Okazaki (Aichi). Já está toda florida, atraindo muitos visitantes. Este ano floresceu 2 semanas antes do que a época normal.

Junto com ela, as tradicionais cerejeiras, igualmente em plena floração, recebem os visitantes, no Festival de Sakura.

ukonzakura2

Sakura Matsuri de Ueji Hachimangu
Período: de 5 até 15 de abril
Iluminação especial: até 20h
Entrada: gratuita
Local: Ueji Hachimangu
Mapa: clique aqui
Fonte: Portal Mie com CBC TV e divulgação

Anúncios

Cerejeiras que florescem mais cedo enfeitam pequena cidade em Shizuoka

Festival de Sakura de Kawazu começou nesta quarta e vai até 10 de março

kawazu sakuraA primavera ainda não começou, mas já é possível apreciar uma espécie de cerejeira que floresce mais cedo, a Kawazuzakura.

Essa espécie é comum em Kawazu, uma pequena cidade que fica na península de Izu (Shizuoka), e por isso recebeu esse nome. O pico de floração deve ocorrer depois do dia 20 até o início de março.

Em toda a cidade, existem aproximadamente 8 mil pés e cerca de 800 enfeitam as margens do rio Kawazu, formando um corredor de flores.

A Kawazuzakura é diferente da Someiyoshino, a espécie mais comum no Japão e que serve de referência para os meteorologistas preverem quando se dará o pico de floração.

As únicas semelhanças são o formato e a quantidade de pétalas -cinco- em cada flor. A cerejeira de Kawazu tem uma coloração mais rosada e dura mais tempo, sem contar que os botões são maiores e aparecem mais cedo.

Origem
Em 1955, um morador de Kawazu chamado Katsumi Iida encontrou por acaso uma muda de sakura e decidiu plantá-la em seu quintal. Onze anos depois, com a planta já crescida, apareceram as primeiras cerejeiras de tom rosado e desde então a árvore floresce periodicamente no final de janeiro, com duração de aproximadamente um mês.

Em 1968, Mitsuya Katsumata, um morador de Ito (Shizuoka), decidiu reproduzir a espécie e plantou mudas em uma grande área de Kawazu.

A denominação Kawazuzakura se deu em 1974 porque, após várias pesquisas, especialistas descobriram que a espécie só existia na cidade e foi gerada de um cruzamento natural entre outros dois tipos de cerejeiras, o Ooshimazakura, que costuma florescer mais cedo, e o Hikanzakura.

A árvore que deu origem à espécie ainda existe no quintal da residência de Iida, que fica a 1.200 metros da estação Kawazu, linha Izukyu.

Festival
Durante o período de floração, a cidade realiza anualmente o Festival de Sakura de Kawazu, que começou nesta quarta-feira e prossegue até 10 de março.

No evento, os visitantes podem apreciar as cerejeiras em vários pontos da cidade. Os trechos mais floridos estão à beira do rio Kawazu, desde a ponte Housen até a foz no mar, e nas proximidades da linha de trem Izukyu, onde fica a estação.

O Festival oferece infra-estrutura como inúmeras barracas de comidas e bebidas, lembranças, banheiros públicos e amplo estacionamento para carros de passeio e ônibus de excursões.

À noite, as cerejeiras recebem uma iluminação especial, oferecendo um visual bem diferente do que pode ser apreciado durante o dia. Os visitantes ainda podem experimentar gratuitamente um tipo de chá naturalmente doce, o Amagi-amacha, espécie típica na região.

Festival de Sakura de Kawazu
Quando: até 10 de março, das 9h às 21h
Onde: às margens do rio Kawazu e nas proximidades da estação
Como chegar
De trem: estação Kawazu da linha Izukyu, que sai da estação JR de Atami
De carro: da rodovia expressa Tomei, saída Numazu, acesso pela estrada Amagi Line (rotas 136 e 414)
Estacionamento: 500 ienes por carro (8h30 às 17h) e 200 ienes (19h às 21h)
Tel: 0558-32-0290 (Associação de Turismo de Kawazu)
Fonte: Alternativa