Aeroporto Internacional de Narita instala máquina de câmbio para converter moedas estrangeiras em moedas eletrônicas

moedas
O Aeroporto Internacional de Narita irá instalar na próxima sexta-feira uma máquina de câmbio automática para que os passageiros que regressam ao Japão possam trocar as moedas estrangeiras por créditos em moeda eletrônica.

As moedas estrangeiras não são aceitas nos balcões de câmbio ou bancos, mas o novo serviço usando a máquina eletrônica de câmbio, oferece essa solução, disse um funcionário do aeroporto na quarta-feira (27).

Moedas de dólar americano, euro, yuan e iene podem ser convertidas em 12 tipos de moedas eletrônicas, incluindo aquelas usadas pelo Facebook e Skype.

O serviço não estará disponível de início para os cartões de pagamento de viagens como Suica e PASMO, mas a Corporação do Aeroporto International de Narita planeja expandir o serviço de forma gradual.

Os beneficiados não serão apenas os passageiros que retornam do exterior, mas também, os estrangeiros que saem do Japão, informou um funcionário.

A máquina será instalada no primeiro andar do Terminal 1 e vai funcionar diariamente das 7:30 às 23:30.
Fonte: IPC Digital com Japan Times

Novidade: Google apresenta o mapa facilitado em 19 idiomas no Japão, incluindo o português

mapa google marunouchi japaoA empresa Google anunciou nesta quarta-feira (22/jun), através do seu blog, que realizou melhorias em um de seus produtos – Google Map.

A partir desta data, o mapa exibido no Japão, passa a ter tradução simultânea para o idioma que o usuário costuma usar no smartphone, tablet ou PC. Tomamos como exemplo o mapa da região de Marunouchi, bairro de Nagoia (Aichi).

De fato, aparece escrito Consulado do Brasil em Nagoya, sobre a inscrição em japonês, assim como o Banco do Brasil.

Segundo o material de divulgação do Google, o tipo de atividade comercial aparecerá traduzido no mapa, como exemplo, restaurante japonês, santuário xintoísta, supermercado e assim por diante. São mais de mil tipos de atividades que foram traduzidas em 19 idiomas, incluindo o português.

Se, por ventura, o que procura não está traduzido ou quer solicitar que inclua algum estabelecimento comercial, basta clicar em “enviar feedback” no rodapé do mapa e, em seguida, será aberta uma janela de comunicação como a da imagem (do lado esquerdo no mapa). Basta preencher e enviar para a empresa Google.

Assim, o Google espera que os visitantes e residentes estrangeiros tenham sua vida facilitada no Japão.
Fonte: IPC Digital

Via láctea chega na Tokyo Tower

tanabata tokyo towerAntecipando a comemoração de Tanabata, o tradicional festival japonês, a Tokyo Tower recebeu uma verdadeira via láctea tecida em todas as áreas para encantar os visitantes.

Foram usadas 160 mil lâmpadas LED para representar um céu de verão, onde Orihime, a princesa tecelã, se encontra com seu amado, Kengyu, o pastor do gado, na sétima noite do sétimo mês do ano, ou seja, em julho.

Até o ano anterior, somente metade da área foi decorada, mas para esta estação, foi usado todo o espaço. De uma altura de 145 metros, as vidraças mostram a noite iluminada da capital do Japão, enquanto no interior há um outro céu totalmente estrelado, desenhado com lampadinhas azuis.

tanabata tokyo tower

Até 31 de agosto o público pode apreciar essa beleza, das 17h00 às 23h00.
Fonte: IPC Digital com Asahi

Glicínias atingem pico de floração em famoso parque de Tochigi

A floração coincide com o feriado de Golden Week, que oficialmente começa nesta sexta-feira

glicinias tochigiCerca de 350 pés de glicínias carregados de cachos floridos estão enfeitando o Parque das Flores de Ashikaga (Tochigi), que abriga o maior jardim dessa espécie de flor no Japão.

O pico de floração coincide com o feriado de Golden Week, que oficialmente começa nesta sexta-feira (29) e termina no dia 5 de maio.

As atrações que mais chamam a atenção no parque são duas glicínias (fuji no hana / 藤の花) com mais de 150 anos que formam uma grande copa com cachos de flores de até 1,70 metro de comprimento.

O parque também está aberto à noite, até as 21h, com uma iluminação especial que se encerra em 15 de maio. Além dos 350 pés de glicínias, há outras espécies de flores que podem ser apreciadas durante o feriado, como as azaleias.
Parque das Flores de Ashikaga

Parque das Flores de Ashikaga (あしかがフラワーパーク)
Endereço: 〒329-4216 Tochigi-ken Ashikaga-shi Hasama-cho 607
Entrada e horário: ¥900 a ¥1.700 (adultos) e ¥500 a ¥800 (crianças), das 7h às 18h. Ou ¥600 a ¥1.400 (adultos) e ¥300 a ¥700 (crianças), das 17h30 às 21h
Informações: 0284-91-4939
Fonte: Alternativa

Castelo Himeji em Hyogo foi o mais visitado em 2015

Castelo Himeji em HyogoO recém renovado Castelo Himeji, da era feudal, foi a fortaleza mais popular do Japão no último ano fiscal. Mais de 2.8 milhões de pessoas visitaram o local na província de Hyogo, oeste do Japão, nos últimos 12 meses até março.

Antes dele, o destino mais popular entre os castelos era o Kumamoto, no sudoeste do país.

Cerca de 306 mil turistas estrangeiros visitaram o Castelo Himeji, totalizando quase o dobro de visitantes do ano de 2008, até então o maior recorde registrado.

A principal torre do castelo sofreu uma grande reforma, que levou cerca de cinco anos para ser finalizada.
Fonte: IPC Digital com News on Japan.

Conheça os benefícios de alguns alimentos típicos da culinária japonesa

Peixes como o atum, o salmão e a sardinha são ricos em Ômega 3, que reduz o mau colesterol

culinária japonesaVocê já ouviu falar que a culinária japonesa faz bem para a saúde? Alguns cientistas acreditam que os japoneses vivem mais por causa dos alimentos que preferem. Veja alguns exemplos:

Soja – reduz o colesterol, auxilia na regulação dos níveis de glicose (açúcar) no sangue e reduz a incidência de câncer na próstata.

Cogumelos – fontes de vitaminas do complexo B. Também contém cálcio, magnésio, ferro, manganês, potássio e fósforo.

Gengibre – entre outras propriedades, ajuda a combater inflamações.

Algas – ricas em iodo, cobre, ferro, zinco, magnésio, cálcio e manganês. São fontes de vitaminas B2, B3, colina e caroteno.

Alguns peixes como o atum, o salmão e a sardinha são ricos em Ômega 3, que reduz o mau colesterol e aumenta o bom colesterol. Ou seja, previne a formação de placas de gordura nas artérias, o que dificulta a circulação do sangue.

Obviamente, alguns ingredientes da culinária brasileira também são importantes. A carne, o feijão, a beterraba, o açaí e os vegetais de folhas verdes-escuras são exemplos de alimentos ricos em ferro, que é um micronutriente importante na formação do sangue. Para ser melhor absorvido pelo organismo, devemos ingeri-lo junto com vitamina C.
Fonte: Alternativa com Agência Brasil

Cerejeiras que florescem mais cedo enfeitam pequena cidade em Shizuoka

Festival de Sakura de Kawazu começou nesta quarta e vai até 10 de março

kawazu sakuraA primavera ainda não começou, mas já é possível apreciar uma espécie de cerejeira que floresce mais cedo, a Kawazuzakura.

Essa espécie é comum em Kawazu, uma pequena cidade que fica na península de Izu (Shizuoka), e por isso recebeu esse nome. O pico de floração deve ocorrer depois do dia 20 até o início de março.

Em toda a cidade, existem aproximadamente 8 mil pés e cerca de 800 enfeitam as margens do rio Kawazu, formando um corredor de flores.

A Kawazuzakura é diferente da Someiyoshino, a espécie mais comum no Japão e que serve de referência para os meteorologistas preverem quando se dará o pico de floração.

As únicas semelhanças são o formato e a quantidade de pétalas -cinco- em cada flor. A cerejeira de Kawazu tem uma coloração mais rosada e dura mais tempo, sem contar que os botões são maiores e aparecem mais cedo.

Origem
Em 1955, um morador de Kawazu chamado Katsumi Iida encontrou por acaso uma muda de sakura e decidiu plantá-la em seu quintal. Onze anos depois, com a planta já crescida, apareceram as primeiras cerejeiras de tom rosado e desde então a árvore floresce periodicamente no final de janeiro, com duração de aproximadamente um mês.

Em 1968, Mitsuya Katsumata, um morador de Ito (Shizuoka), decidiu reproduzir a espécie e plantou mudas em uma grande área de Kawazu.

A denominação Kawazuzakura se deu em 1974 porque, após várias pesquisas, especialistas descobriram que a espécie só existia na cidade e foi gerada de um cruzamento natural entre outros dois tipos de cerejeiras, o Ooshimazakura, que costuma florescer mais cedo, e o Hikanzakura.

A árvore que deu origem à espécie ainda existe no quintal da residência de Iida, que fica a 1.200 metros da estação Kawazu, linha Izukyu.

Festival
Durante o período de floração, a cidade realiza anualmente o Festival de Sakura de Kawazu, que começou nesta quarta-feira e prossegue até 10 de março.

No evento, os visitantes podem apreciar as cerejeiras em vários pontos da cidade. Os trechos mais floridos estão à beira do rio Kawazu, desde a ponte Housen até a foz no mar, e nas proximidades da linha de trem Izukyu, onde fica a estação.

O Festival oferece infra-estrutura como inúmeras barracas de comidas e bebidas, lembranças, banheiros públicos e amplo estacionamento para carros de passeio e ônibus de excursões.

À noite, as cerejeiras recebem uma iluminação especial, oferecendo um visual bem diferente do que pode ser apreciado durante o dia. Os visitantes ainda podem experimentar gratuitamente um tipo de chá naturalmente doce, o Amagi-amacha, espécie típica na região.

Festival de Sakura de Kawazu
Quando: até 10 de março, das 9h às 21h
Onde: às margens do rio Kawazu e nas proximidades da estação
Como chegar
De trem: estação Kawazu da linha Izukyu, que sai da estação JR de Atami
De carro: da rodovia expressa Tomei, saída Numazu, acesso pela estrada Amagi Line (rotas 136 e 414)
Estacionamento: 500 ienes por carro (8h30 às 17h) e 200 ienes (19h às 21h)
Tel: 0558-32-0290 (Associação de Turismo de Kawazu)
Fonte: Alternativa

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.